goppp

Informações e notícias sobre colaborações público-privadas

Sabesp rebate agência reguladora e espera melhorar reajuste proposto

leave a comment »

A empresa de saneamento Sabesp acredita que vai conseguir melhorar o reajuste tarifário de 1,94% proposto pela agência reguladora do setor no Estado de São Paulo, Arsesp.

Apesar disso, executivos da companhia recomendaram a analistas que utilizem, por ora, o percentual definido pela Arsesp para projetar a receita futura da Sabesp.

A estatal paulista está questionando uma série de itens em nota técnica preliminar da Arsesp, divulgada na semana passada, disse ontem o diretor financeiro da Sabesp, Rui Affonso. Entre os pontos estão cortes de despesas  operacionais, volumes de consumo médio mensal de água e ganho de eficiência.

“Consideramos que uma série de cortes de despesas foi feita de forma arbitrária e com base em elementos  relacionados a pessoal que a nosso ver não têm amparo legal”, disse Affonso.

“No caso dos volumes de consumo médio mensal, entendemos  que as séries adotadas são muito curtas, levando   uma imprecisão em suas estimativas”, afirmou.

Segundo ele, a posição completa da Sabesp será apresentada em audiência pública sobre a revisão tarifária marcada para 13 de dezembro.

O executivo não quis responder sobre a eventual necessidade de corte de funcionários caso o reajuste de 1,94% seja confirmado. “O momento é de debate, e não de montar estratégia em cima  e uma nota técnica que ainda está em discussão.”

A Sabesp reportou no dia 14 que seu lucro disparou mais de 400% no terceiro trimestre sobre um ano antes, para R$ 361,8 milhões.

O diretor financeiro da Sabesp disse ainda que a empresa está rebatendo o chamado Fator X, de ganho de eficiência, na nota técnica da Arsesp.

“A série proposta para detectar mudanças tecnológicas é extremamente curta e de difícil utilização para captar mudanças tecnológicas. Além disso, a escolha de empresas inglesas como ‘benchmark’  ara eficiência não nos parece apropriada, porque elas apresentam grau de maturidade bastante diferente em termos de marco regulatório e universalização dos serviços”, disse.

As ações da  Sabesp fecharam o dia de ontem cotada a R$ 80,4, com queda de 5,55%.

“Estamos desapontados que a administração da companhia não pode esclarecer o nível da nova receita após a previsão  er implementada”, argumentou a equipe de analistas do Barclays, por meio de relatório.

A proposta da agência reguladora prevê uma receita requerida pela Sabesp de R$ 9,995 bilhões, 10% abaixo da estimativa do mercado.

No terceiro trimestre deste ano a Sabesp reportou lucro líquido de R$ 362 milhões, após ter registrado R$ 68 milhões no mesmo período de 2011. Já receita líquida ficou em R$ 2,71 bilhões, alta de 4,5%. No mesmo sentido, o lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) cresceu 10,6% passando de R$ 815 milhões  ara R$ 902 milhões. ■

Reuters | redacao@brasileconomico.com.br

Origem: Reuters

Procedência: Brasil Econômico

Written by goppp

22/11/2012 às 14:32

Publicado em Brasil Econômico, Regulação

Tagged with

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: