goppp

Informações e notícias sobre colaborações público-privadas

(VE) Negócios na BM&F cravam Selic a 7,25%

leave a comment »

Se os economistas estão divididos sobre a decisão que o Banco Central vai anunciar hoje à noite, após encerrado o encontro do Comitê de Política Monetária (Copom), os investidores que atuam na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) não têm dúvida: a autoridade monetária vai reduzir a taxa básica de juros, a Selic, dos atuais 7,5% para 7,25%.

É o que apontam com 100% de chance na BM&F as taxas projetadas, após a sétima queda registrada ontem em oito sessões. Os contratos com vencimento em janeiro de 2013 recuaram para 7,105% ante 7,12% na véspera após ajuste, ou seja, para abaixo dos 7,25% projetados para a Selic.

Operadores dizem que é um sinal de que existem já apostas numa taxa básica recuando no encontro do Copom de novembro. Admitem, porém, que existe há nessas taxas projetadas da BM&F um efeito técnico da especulação. É que a relação custo-benefício para apostar hoje em mais um corte da Selic compensa o risco de errar o prognóstico. O que amplia a baixa das taxas.

Esse movimento ganhou força especialmente por causa da sinalização enviada quinta-feira passada pelo diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central, Luiz Pereira Awazu. Em discurso na BM&FBovespa, o integrante que vota no Copom traçou um quadro muito pessimista sobre as perspectivas de crescimento dos países desenvolvidos. “O mercado virou rápido para um corte da Selic amanhã [hoje]”, disse o economista da LCA Consultores Homero Guizzo.

O ajuste no mercado de juros foi seguido por parte dos economistas. Antes da fala de Awazu, apenas 9 economistas em um universo de 34 especialistas ouvidos pelo Valor acreditavam em corte da Selic; após o discurso, essa relação mudou para 16 crentes na redução do juro.

O movimento baixista dos juros repercutiu na oferta de títulos pelo governo. No leilão realizado ontem pelo Tesouro Nacional, de 1,199 milhão de Notas do Tesouro Nacional Série B (NTN-B, papéis indexados ao IPCA), as taxas cederam para todos os vencimentos em comparação à venda de 11 de setembro.

Em análise produzida pelos estrategistas Claudio Irigoyen, David Beker e Ezequiel Aguirre, o Bank of America aponta que deixou de valer a estratégia de apostar na queda dos juros no mercado futuro, pois praticamente não há mais prêmio ao longo dos vencimentos. O banco pondera que em nenhum cenário enxerga relação custo-benefício superior ao rendimento oferecido pelas NTN-Bs.

O BofA lista como cenários possíveis: 1) manutenção da Selic em 7,5% e fim do ciclo; 2) corte de 0,25 ponto e comunicado duro apontando fim do ciclo; 3) corte de 0,25 ponto e comunicado sugerindo espaço para mais redução dos juros.

No câmbio, o dólar fechou em alta, na maior cotação em mais de um mês, acompanhando o mercado externo. Os investidores reagiram ao corte das estimativas de crescimento mundial neste ano e em 2013 pelo FMI.

A moeda americana avançou 0,34%, a R$ 2,036, maior patamar desde 5 de setembro. O ganho ontem só não foi maior como no exterior porque o setor já trabalha com uma banda informal estreita, imposta pelas atuações do BC no mercado, entre R$ 2 e R$ 2,10. Isso manteve o real descolado de outras moedas, que se valorizaram ante o dólar nos últimos meses, disse Reginaldo Galhardo, gerente de câmbio da Treviso Corretora.

A alta foi menor “porque a moeda já está desvalorizada e porque o BC mostra suas garras quando há valorização”, diz ele.

Por João José Oliveira, José de Castro e José Sergio Osse | De São Paulo

Origem: Valor Econômico

Procedência: http://www.valor.com.br/financas/2861804/negocios-na-bmf-cravam-selic-725#ixzz28tT6IPHl

Written by goppp

10/10/2012 às 08:19

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: