goppp

Informações e notícias sobre colaborações público-privadas

Aporte em ferrovias pode crescer R$ 25 bi após concessões

leave a comment »

O pacote de concessões anunciado pelo governo federal poderá ampliar em R$ 25 bilhões os investimentos em ferrovias de 2013 a 2016. A estimativa é do superintendente da Área de Acompanhamento e Pesquisa Econômica (APE) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Fernando Puga.

Segundo cálculos do Instituto de Logística e Supply Chain (Ilos), porém, os valores calculados pelo governo no pacote anunciado há duas semanas podem estar superestimados, o que pode inflar as estimativas.

A equipe de economistas do BNDES está revisando o levantamento sobre perspectivas de investimentos para os próximos quatro anos. O mapeamento atual refere-se ao período 2012-2015. A edição 2013-2016 do estudo, que incorporará os investimentos previstos nas concessões, está previsto para ser divulgado neste mês. A estimativa em rodovias levará mais tempo, pois o trabalho de revisão não terminou, completou Puga.

“O investimento projetado em ferrovias para os próximos quatro anos aumentou em 50% com esse PAC (Concessões)”, afirmou Puga ao Estado, referindo-se a como o pacote de concessões foi apelidado.

A versão mais recente do estudo do BNDES, atualizada em maio, previa investimento de R$ 45 bilhões em ferrovias de 2012 a 2015. A revisão que já estava em curso em julho ampliaria o valor para cerca de R$ 50 bilhões. Na edição 2013-2016, os investimentos em ferrovias deverão ficar em torno de R$ 75 bilhões.

No mapeamento datado de maio, o setor ferroviário é o quarto que mais investe. No total, a perspectiva de investimento em infraestrutura está em R$ 401 bilhões, com destaque para os setores de energia elétrica (R$ 158 bilhões), telecomunicações (R$ 74 bilhões) e transporte rodoviário (R$ 53 bilhões). Esses valores também estão em revisão.

O exagero nas estimativas oficiais pode chegar a três vezes, segundo cálculos do Ilos. No pacote anunciado pelo governo em 15 de agosto, foram previstos R$ 91 bilhões em investimentos para 10 mil quilômetros em ferrovias. Na média, o investimento seria de R$ 9,1 milhões por quilômetro.

Segundo Paulo Fleury, professor da Coppead (UFRJ) e diretor do Ilos, a equipe do instituto já fez esse cálculo com valores divulgados em projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em 2009. O resultado foi cerca de R$ 3 milhões por quilômetro de ferrovia.

 

Origem: O Estado de São Paulo

Procedência:

Written by goppp

04/09/2012 às 10:37

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: