goppp

Informações e notícias sobre colaborações público-privadas

(BE) Triunfo é a empresa que mais gerou valor ao acionista

leave a comment »

Em três anos, grupo de participações em infraestrutura deu retorno de 93,38%, em média, segundo Abrasca.

A Triunfo Participações, grupo do setor de infraestrutura, é a empresa que mais deu retorno aos seus acionistas nos últimos três anos, segundo a Associação Brasileira das Companhias  abertas (Abrasca). No período, o retorno foi de 93,82%, em média.

O valor considera a valorizaçãode mercado da companhia no período, exclui o valor pago em dividendos e o retorno  adquirido.

Mais bem avaliada pelos analistas de mercado de capitais dentre as 17 empresas selecionadas e premiadas pela associação, a companhia se destaca pela diversificação de seus  negócios, uma tendência verificada no setor.

Além de administrar concessões de rodovias, explora o Terminal Porto de Navegantes, em Santa Catarina, têm a concessão da Usina  hidrelétrica de Salto, criou em parceria com a ALL a Vetria Mineração e arrematou este ano o Aeroporto de Viracopos, em Campinas, interior de São Paulo.

Essa diversidade faz com que a Triunfo seja considerada pelo mercado como uma empresa de logística completa. São ativos dinâmicos, que apresentam grande potencial de crescimento.

Além de apresentar o maior resultado, a empresa também foi considerada o melhor caso de criação de valor no período por entidades do mercado, que representam gestores, corretores e analistas.

O destaque é a  participação do resultado operacional na criação de valor do grupo, acimade 90%. “Não foi uma expectativa de aquisição ou financeira que influenciou este retorno aos acionistas, mas o  próprio resultado apresentado pela empresa”, diz Alexandre Fischer, gerente de operações da Abrasca.

Em 2010, a empresa aumentou seu valor de mercado em 64%. No ano passado,  esse valor caiu 7%. “O ano de 2011 não foi bom para o mercado como um todo e, mesmo assim, a destruição do valor foi de apenas 7%”, explica Fischer. “A CCR, por exemplo, que  também do setor de infraestrutura, tem  mais história na bolsa e também é destaque com relação a boas práticas de governança, teve seu valor de mercado destruído em 75% no ano passado.”

As políticas da companhia também foram consideradas transparentes, pois se mantêm ao longo do tempo, evitando frustração de expectativa dos investidores.

No caso da Triunfo, o  etorno adquirido registrado no período foi o valor de 24,05%,que é baixo e reflete a baixa volatilidade apresentada pela empresa.

A Triunfo também foi premiada pela Abrasca como  estaque setorial no ano passado.

Após serem castigadas por suposições de fraude no leilão de Viracopos em junho, as ações da Triunfo retomaram o ritmo e sobem 1,71% no ano. Ontem, encerraram o pregão a R$ 9,40. Perspectivas

Apesar do resultado do segundo trimestre da empresa ter vindo abaixo do esperado por alguns analistas do mercado, devido à receitas 10%  enores no setor de cabotagem, é esperada uma melhora no segmento neste segundo semestre, apontam analistas da Planner, em relatório enviado a clientes.

O início das operações em  iracopos neste segundo semestre deve ajudar a elevar as margens da empresa. ■

Por: Marília Almeida | malmeida@brasileconomico.com.br

 

Origem: Brasil Econômico

Procedência: Brasil Econômico

Written by goppp

30/08/2012 às 10:22

Publicado em Brasil Econômico, Empresas

Tagged with ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: