goppp

Informações e notícias sobre colaborações público-privadas

(VE) Enfil investirá em gestão de resíduos no Porto do Açu

leave a comment »

A empresa de gestão de resíduos Enfil será responsável pelo tratamento dos efluentes do Porto do Açu, no litoral norte do Estado do Rio de Janeiro. Pelo contrato assinado com a OSX (empresa do grupo EBX que está construindo o estaleiro dentro do complexo portuário), a Enfil está assumindo o investimento aproximado de US$ 25 milhões para construir quatro unidades no empreendimento, que terão ao todo 43 mil m2, e será remunerada ao longo do prazo de vigência da operação.

Os investimentos serão feitos em parceria com uma sócia minoritária, a canadense CRA (que tem 30% da sociedade, enquanto a Enfil tem os 70% restantes). Da quantia a ser aplicada, 65% será financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Essa sociedade contratou a própria Enfil para a construção das unidades (no chamado regime de EPC, quando a empresa desenha o projeto e também o constrói).

A maior obra é um centro de gerenciamento de resíduos, com 20 mil m2. A construção já foi iniciada e deve começar a operar em junho de 2013. Além disso, haverá duas estações de tratamento de efluentes gerados no estaleiro (uma destinada ao tratamento do esgoto sanitário e outra destinada aos efluentes industriais). Ainda foi contratada uma estação de tratamento de água.

O pagamento feito pela OSX será feito em 15 anos, período em que irá durar a operação de saneamento por parte da Enfil e da CRA. Dessa forma, a empresa do grupo EBX deixa de desembolsar caixa agora, e irá fatiar uma remuneração de US$ 100 milhões, aproximadamente, ao longo do contrato de operação.

Esse não é o primeiro contrato com o grupo EBX. Nos últimos anos, por exemplo, o setor de energia tem ganhado espaço no portfólio da Enfil com a MPX (também do grupo EBX). A construção das termelétricas da empresa representa outro mercado em ascensão, devido à necessidade de se realizar a filtragem dos ácidos no processo de geração de energia – por meio de solidificação dos gases e posterior separação. Há quatro contratos firmados atualmente entre Enfil e MPX, no valor de R$ 200 milhões ao todo.

Segundo Franco Tarabini, sócio-diretor da Enfil, a participação no projeto vai trazer “certificação” para a empresa, fazendo com que ela esteja apta a oferecer serviços urbano de saneamento – como uma parceria público-privada (PPP) com a Sabesp, por exemplo. O objetivo é firmar um contrato com o poder público ainda neste ano.

Além do segmento de água e esgoto, a companhia espera entrar em contratos urbanos de geração de energia a partir da queima do lixo – o chamado “waste to energy”. A ideia é entrar em sociedade com outras empresas nesse segmentos, e oportunidades já vêm sendo estudadas.

Hoje, nem um centavo dos atuais R$ 337 milhões de receita líquida registrada em 2011 é proveniente do setor público. Para estrear nesse novo mercado, o grupo está sondando municípios no Estado do Rio de Janeiro. “Inicialmente, queremos cidades com até 450 mil habitantes”, diz Tarabini.

Por Fábio Pupo | De São Paulo

Origem: Valor Econômico

Procedência: http://www.valor.com.br/empresas/2800178/enfil-investira-em-gestao-de-residuos-no-porto-do-acu#ixzz24Nbhz7xS

Written by goppp

23/08/2012 às 11:33

Publicado em Empresas, Valor Econômico

Tagged with

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: