goppp

Informações e notícias sobre colaborações público-privadas

(BE) Pacote agrada, mas levanta dúvidas quanto a sua eficácia

leave a comment »

Apesar de seus efeitos práticos terem impacto previsto apenas para o ano que vem, a melhora do sentimento do setor privado com o anúncio pode trazer benefícios já neste ano.

Apesar de considerar “louvável” o anúncio do governo de concessões de rodovias e ferrovias no valor de R$ 133 bilhões, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) entende que o pacote não será suficiente para elevar a taxa de investimento de 19% do Produto Interno Bruto (PIB) em que se encontra para 25%, que é o necessário para manter o crescimento da economia entre 4% e 5%, segundo a entidade.

O modelo que será adotado, de conceder a administração de bens públicos a quem oferecer a menor tarifa ao consumidor final, utilizado durante o governo Lula, também foi criticado pela FecomercioSP, já que, segundo ela, acarretou em estradas federais sem o padrão de excelência almejado, com resultados técnicos abaixo do ideal.

“Assim, dado o modelo, os prazos e os valores anunciados, é possível que essas medidas se mostrem insuficientes”, diz a entidade, em comunicado.

Para não ficar apenas nas críticas, a FecomercioSP elogiou a atitude do governo de seguir com o regime de concessões com o setor privado, que, para a entidade, é a única maneira de superar as barreiras burocráticas e ganhar competitividade e eficiência em setores fundamentais para o desenvolvimento do país, como o de infraestrutura.

O economista-chefe da Gradual Investimentos, André Perfeito, por sua vez, ressalta que as medidas terão efeito prático apenas em 2014, uma vez que a maior parte das concessões irá ocorrer no fim do ano que vem.

No entanto, o especialista destaca que o anúncio por si só já terá efeito positivo no sentimento do empresariado.

“Na medida em que os editais forem lançados, grupos de investidores começarão a se articular em torno das suas propostas, criando certo clima de otimismo entre o restante dos empresários”, pondera Perfeito.

Outro ponto levantado pelo economista da Gradual é em relação ao objetivo do governo com as concessões, de reaquecer o nível da economia, criando incentivos ao consumidor final.

Em ocasiões anteriores, recorda o especialista, as concessões para a iniciativa privada eram utilizadas para fazer caixa e ajustar a situação fiscal do governo.

Os R$ 133 bilhões que serão liberados de maneira gradual vão corresponder a um gasto médio de R$ 16 bilhões por ano, o que é considerado um patamar relativamente pequeno pelo economista da Gradual.

“Levando em conta que este é apenas um pedaço do projeto – que ainda contará com investimentos em portos e aeroportos – o resultado final pode ser relevante”, diz Perfeito.

Pelos cálculos da LCA, o efeito multiplicador de gastos de investimento sobre o PIB brasileiro é de aproximadamente 1,4.

“Ou seja, cada R$ 1 bilhão aplicado em maquinário e construção agrega R$ 1,4 bilhão ao PIB brasileiro (por conta dos efeitos indiretos que essas inversões geram sobre o emprego e a renda)”, destaca a equipe da consultoria.

Posto isso, a LCA estima que os R$ 79,5 bilhões que serão investidos nos primeiros cinco anos, ou R$ 92 bilhões em preços correntes, considerando uma inflação de cerca de 5% ao ano, podem agregar cerca de R$ 130 bilhões ao PIB.

“Supondo que todos esses investimentos são novas inversões (isto é, que não seriam feitos caso o governo não estivesse anunciado esse pacote), esses R$ 130 bilhões significariam um acréscimo de 0,4% ao crescimento projetado pela LCA para o PIB entre 2013 e 2017 (de 22,2% no acumulado desse período – o que corresponde a 4,1% ao ano). Ou seja, um acréscimo de 0,1 ponto percentual ao ano”, destaca a consultoria.

A LCA ressalta ainda que seu cálculo não leva em consideração os reflexos que os investimentos em infraestrutura poderão gerar sobre a competitividade e a produtividade da economia brasileira.

Lucas Bombana   (lbombana@brasileconomico.com.br)

15/08/12 17:39

Origem: BRasil Econômico

Procedência: http://www.brasileconomico.ig.com.br/noticias/pacote-agrada-mas-levanta-duvidas-quanto-a-sua-eficacia_120890.html

Written by goppp

16/08/2012 às 08:28

Publicado em Brasil Econômico

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: